Chá verde combate o cancro da pele

Chá verde combate o cancro da pele

Segundo um estudo desenvolvido pelas universidades de Strathclyde e Glasgow, na Escócia, um composto encontrado no chá verde poderá ser uma nova arma no combate ao cancro.
O extracto, conhecido como epigalocatequina galato (EGCg), apresenta propriedades anticancerígenas, mas, até ao momento, não conseguia atingir os tumores quando administrado por via intravenosa convencional. Porém, uma nova abordagem permitiu que o composto benéfico chegasse directamente aos tumores depois de entrar na corrente sanguínea dos pacientes.

Este método foi efectuado a partir de uma técnica chamada nanotecnologia, onde foi criada uma nova célula, formada pela molécula do chá verde e a transferrina (proteína plasmática que transporta o ferro pelo sangue e pode ser encontrada em altas concentrações nos diferentes tipos de tumor). Posteriormente, o novo composto foi administrado aos tumores de pele.

Os testes foram realizados em dois tipos de cancro da pele, o carcinoma epidermóide e melanoma, e demostraram que, no prazo de um mês, 40% de ambos os tipos de tumores desapareceram, enquanto que 30% de um e 20% de outro diminuíram drasticamente de tamanho e 10% de um dos tipos manteve-se estável. A administração da droga não apresentou quaisquer efeitos colaterais, não houve células e tecidos saudáveis que fossem prejudicados.

Christine Dufès, coordenadora da investigação, revela que os resultados da pesquisa são muito animadores e que a equipa espera alcançar novos progressos no tratamento do cancro. Até à data, estes foram os primeiros testes que conseguiram fazer este tipo de tratamento resultar, diminuindo ou eliminando os tumores.

Fonte: SOL

1 Comment On This Topic
  1. Andrea Da Fonseca Zanirati
    on Ago 29th at 14:17

    Adoro chá-verde.


Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *