Investigadores acreditam estar à beira da cura para a SIDA

Investigadores acreditam estar à beira da cura para a SIDA

Cientistas dinamarqueses estão a levar a cabo ensaios clínicos para testar uma “nova estratégia” que, esperam, deverão mostrar que “é possível uma cura” acessível para o VIH.

A “nova estratégia” implica que o vírus da sida seja permanentemente destruído pelo sistema imunitário do doente. A confirmar-se, seria um significativo passo em frente na cura para o VIH.

Os especialistas dinamarqueses mostram-se muito otimistas com o novo tratamento, atualmente em fase de testes clínicos, uma vez que os testes em laboratório se revelaram positivos.

Segundo o britânico The Daily Telegraph, a técnica passa por libertar o vírus dos “reservatórios” que forma no interior do ADN e fazê-lo passar à superfície das células. Uma vez aí, o sistema imuntário consegue matar o vírus, com o auxílio de uma vacina.

Os testes em que foram usadas células humanas em laboratório tiveram resultados tão positivos que o Conselho de Investigação da Dinamarca atribuiu à equipa 1,6 milhões de euros para passar à fase de ensaios clínicos em humanos.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *